(17) 3280-6434   (17) 99716-9749

Notícias

Informativos e Novidades sobre Rio Preto-SP.

  • Postado em: 08/02/2019

“Nelson Seixas” traz 11 projetos culturais neste mês



Fevereiro traz mais 11 projetos do Prêmio Nelson Seixas edição 2018 para circular por Rio Preto. As ações e apresentações já começaram. Neste mês tem audiovisual, artes plásticas, artes visuais, teatro, música e literatura.

A programação foi aberta nos dias 1,2 e 3 pelo projeto de audiovisual Nuvem, de Jeff Telles, no Complexo Swift. “Nuvem” é um projeto de videoinstalação/cinema expandido que investiga, a partir do fluxo da comunicação social, o trânsito entre a psique humana contemporânea e os servidores de dados virtuais. O projeto questiona: “Teriam as nossas palavras e ações um caminho sombrio até o seu destino?”.

No dia 2, foi apresentado o Documentário Animado “Conto de F.A.D.A.S.” no Teatro Nelson Castro. A proposta desse projeto foi produzir um documentário animado para exaltar os cidadãos da classe média e baixa por meio de suas próprias histórias. O depoimento espontâneo de transeuntes do terminal urbano de Rio Preto sobre sua vida e rotina foi a base para narrativa do documentário que foi enriquecido com ilustrações, colagens e animações. O projeto teve direção e finalização de Vanessa Dalberto.

No dia 3, o espetáculo de teatro Peixe teve pré-estreia no Centro Cultural Vasco e cumpre temporada com diversas sessões ao longo do mês (confira programação abaixo).

Também começou no dia 1º de fevereiro e vai até o dia 17, a Exposição de Artes Plásticas, Mozaic_Arte, de Ricardo Zammarian na Casa de Cultura.

E tem muito mais! São quase 30 ações ou apresentações espalhadas pela cidade e até em município vizinho. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público. O Prêmio Nelson Seixas é um Programa de Fomento à Cultura da Prefeitura de Rio Preto por meio da Secretaria de Cultura. Outras informações no www.riopreto.sp.gov.br

PROGRAMAÇÃO NELSON SEIXAS FEVEREIRO 2019

Exposição Mozaic_Arte – Artes Plásticas

Dias 1 a 17- – Casa de Cultura – Segunda a sábado das 8h às 0h. Domingos das 13h às 22h.

Dias 19 a 28 – Museu de Arte Primitivista – Segunda a sexta das 8h às 17h.

Criação coletiva de uma obra baseada na releitura do trabalho do artista plástico primitivista rio-pretense José Antônio da Silva. O projeto tem como base de criação plástica a mescla entre as técnicas de mosaico com cerâmica e pintura látex. Mozaic_Arte tem produção de Ricardo Zammarian.

Peixe – Teatro

Dia 08, Estreia – Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto – 21h

Dias 09 e 10, Apresentação– Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto – 21h

Dia 13, Apresentação/filme/debate – Praça D. José Marcondes – 19h

Dia 16 e 17, Peixe – Apresentação – Teatro Municipal Nelson Castro – 20h30

Dia 20, Apresentação/filme/debate – Praça Parque Cidadania – 19h

O monólogo “Peixe” aborda o racismo por um viés costumeiramente menos representado: o viés dos racistas. Ao se deparar com a futura náufraga de um navio imaginário e o cadáver de um homem negro no palco, o espectador é apresentado à distopia dos peixes. Com direção de Tauã Teixeira, texto original de Angélica Liddell; tradução, edição e recriação, Tauã Teixeira e no elenco,

Alice & Baltazar ou Indevassável -Teatro

Dias 6 e 7, Sede da Cia Cênica – 19h e 21h

É um projeto que nasce da observação do mercado imobiliário carioca pré-Copa 2014 e pré-Olimpíadas 2016. Tem como pano de fundo o Carnaval da Avenida Marquês de Sapucaí e narra o encontro de duas pessoas que ocupam lugares sociais opostos. Com texto e direção de Homero Ferreira.

Expresso Caracol – Teatro

Dia 7, Centro Social Estoril – 15h

Dia 8, Instituto as Valquírias – 15h

Dia 9, Paróquia Vila Santa Cruz – 19h

Dia 10, Praça Sta Apolônia Engenheiro Schmitt – 20h30

Dia 24, Praça da Basílica – 21h

Um teatro ambulante, que carrega a beleza da dança clássica e a magia do circo. O Expresso Caracol monta o palco e traz a poesia e o riso para um passeio. Artistas que carregam a vida e o espetáculo na mesma estrada. Um encontro divertido com obras clássicas. Concepção original e cenografia Kesler Jamal Contiero.

Corpomáquina – Dança

Dias 9 e 10 – Centro Cultural Vasco -20h

A narrativa do espetáculo se baseia numa trajetória ficcional da evolução humana, do homem primitivo ao homem cibernético, se dividindo em 3 atos principais – Humano(primitivo)/Divino (completo)/Pós Humano (cibernético).

Concepção e Direção Vinicius Dall’Acqua.

Rio Preto para Crianças – Música

Dia 10 – Bosque Municipal- 16h

Dia 15 – Praça Engenheiro Schmitt -19h

Dia 16 – Calçadão Central 10h

Dia 16 -Parque Ecológico Danilo Santos de Miranda (Sul)- 16h

Dia 17 – Represa Municipal (Anfiteatro) – 19h

O projeto Rio Preto para Crianças é uma circulação musical infantil que utiliza um veículo Kombi (chamada Guadalupe) para levar até qualquer localidade 11 músicas autorais que exaltam de maneira alegre e divertida os locais de São José do Rio Preto que proporcionam atividades de lazer e cultura em família – zoológico, mercado municipal, parque ecológico, além de características próprias da cidade, como o calor, etc. Ficha Técnica: Violão, viola caipira, baixo e vocal, Matheus Ferrari e Direção, Samuel Moretti.

Quando olho para trás vejo o futuro: vazio urbano – Artes Plásticas

Dia 22 a 28, Casa de Criar – agende visita: e-mail v[email protected]

O projeto propõe preencher os vazios urbanos com imagens e reflexão. Fotos, pinturas, mapas, tijolos pó de mico recolhidos de demolições, memória, utopia e o desejo estarão reunidos na exposição para marcar o hoje, olhando para o passado e vislumbrando um (utópico) futuro.

Concepção e realização, debates Juny kp!

Luiz – Literatura

Dia 22, E.M Uchôa – 8h30 às 14h30

Luiz é uma daquelas doces crianças que tem olhos de ver, vê pureza, vê bondade, vê o mundo com inocência, vê até um amigo imaginário! Junte- -se a eles nessa delicada aventura e descubra o que há de bom na aventura e descubra o que há de bom na vida. E você, tem olhos de criança?Autora Cintia Sumitani

Música Erudita para Todos – Música

Dia 26 – Workshop – Sesc – 09 às 11h e 15 às 17h

Dia 28 -Ensaio aberto – Sesc–14h

Dia 28- Recital – Sesc –20h30

Dotada de uma sensibilidade ímpar no que se refere ao tratamento acústico- sonoro e tímbrico do instrumento, a pianista Araceli Chacon apresen- tará um repertório com obras escritas entre os séculos XVII e XX e de alguns dos mais consagrados compositores da música erudita ocidental, tais como J. S. Bach, L. van Beethoven, F. Mendelssohn, F. Chopin, dentre outros. Projeto da pianista Araceli Chacon

Veja Também