(17) 3280-6434   (17) 99716-9749

Notícias

Informativos e Novidades sobre Rio Preto-SP.

  • Postado em: 07/01/2020

Corredores de ônibus contemplam 18 ruas e avenidas de Rio Preto

Apesar de somarem nove corredores de ônibus, as faixas de trânsito exclusivo para o transporte coletivo de Rio Preto vão contemplar 18 importantes vias de grande fluxo em diferentes regiões da cidade. Isso porque alguns corredores são formados por duas ou mais ruas, levando em conta os diferentes sentidos de direção.

É o que ocorre, por exemplo, no corredor 3, que contempla as ruas XV de Novembro (sentido Centro) e Antônio de Godoy (sentido Redentora) assim como trechos menores das ruas Tiradentes, Siqueira Campos, Saldanha Marinho e Independência. Essas duas últimas promovem a ligação desse corredor com o corredor 7 – Bernardino de Campos e General Glicério –altura da Redentora.

O corredor 1 (ruas João Mesquita e Pedro Amaral) contempla também trecho de um quarteirão na rua Boa Vista, que faz a ligação entre essas duas vias.

No caso das avenidas Alberto Andaló, Bady Bassitt e João Bernardino de Seixas, o corredor está instalado na faixa mais à direita em ambos os sentidos de direção, contabilizando uma única via por corredor.

Já os corredores da Mirassolândia e da Philadelpho Gouvea Netto se estendem para além dos limites dessas avenidas, contemplando trechos da Elias Tarraf, Valdomiro Lopes da Silva, Ernani Pires Domingues e Cenobelino de Barros Serra. (mapa anexo)

O horário de trânsito exclusivo para o transporte coletivo será, de segunda a sexta-feira, das 5h às 8h e das 16h30 às 19h30. Entre as 8h e as 16h30 o uso será compartilhado por todos os tipos de veículos automotores.

Estacionamento
Nas avenidas Philadelpho Gouvea Netto, João Bernardino de Seixas e Bady Bassitt fica permitido estacionar apenas depois das 20h e antes das 5h, como previsto na sinalização. A única exceção é a avenida Mirassolândia, onde será possível estacionar entre às 8h e às 16h30, atendendo a lei municipal aprovada pela Câmara em 2017.

Nas ruas e trechos de ruas contemplados por corredores – General Glicério, Bernardino de Campos, XV de Novembro, Antônio de Godoy, João Mesquita, Pedro Amaral, Boa Vista, Siqueira Campos, Tiradentes, Saldanha Marinho e Independência – o estacionamento será liberado na faixa da esquerda.

A obra
A instalação dos 42 quilômetros de corredores de ônibus incluiu o recapeamento de ruas e avenidas, construção de calçadas acessíveis e instalação de pontos de ônibus cobertos custaram R$ 64 milhões. O investimento faz parte do Plano de Mobilidade Urbana.

Outras informações sobre os corredores podem ser acessadas no botão “Corredor de ônibus” por meio do endereço www.riopreto.sp.gov.br/perguntas-respostas.

Veja abaixo a lista dos corredores:

• Corredor 1 – Pedro Amaral (sentido bairro)/João Mesquita (sentido Centro)
• Corredor 2 – General Glicério (sentido Centro)/Bernardino de Campos (sentido bairro) – Vila Maceno
• Corredor 3 – XV de novembro (sentido Centro)/Antônio de Godoy (sentido bairro)
• Corredor 4 – Alberto Andaló (ambos os sentidos de fluxo)
• Corredor 5 – Bady Bassitt (ambos os sentidos de fluxo)
• Corredor 6 – João Bernardino de Seixas (ambos os sentidos de fluxo)
• Corredor 7– General Glicério (sentido bairro)/Bernardino de Campos (sentido Centro) – Vila Redentora
• Corredor 8 – Mirassolândia (ambos os sentidos de fluxo)
• Corredor 9 – Philadelpho Gouvea Neto (ambos os sentidos de fluxo)





Veja Também