(17) 3280-6434   (17) 99716-9749

Notícias

Informativos e Novidades sobre Rio Preto-SP.

  • Postado em: 07/05/2020

Em uma semana dobra o número de infectados pelo coronavírus em Rio Preto

Rio Preto superou a marca de 200 casos e em uma semana dobrou o número de pessoas contaminadas pelo coronavírus (Covid-19). O município tem agora 207 registros positivos para a doença. A atualização dos números aconteceu na tarde desta quinta-feira, dia 7, durante nova transmissão ao vivo da página da Prefeitura Municipal no Facebook.

São 3.820 notificações desde o início da pandemia, em março, sendo que 2.292 pessoas foram testadas e 2.085 testes descartados. Ao todo 10 pessoas morreram pela doença, 61 já estão recuperados e, dos contaminados, 70 são profissionais da saúde e 65 foram identificados através do Projeto Sentinela, iniciado pelo governo municipal no dia 20 de abril.

“Essa dobra (dos números positivos) é preocupante para nós. Lembramos da curva exponencial que aponta para o risco de a Covid espalhar”, diz a gerente da vigilância epidemiológica Andréia Negri.

Outro dado preocupante é o percentual de positividade das amostras coletadas para Covid-19. O percentual cresce conforme os dias vão passando. Era de 5,91% entre os dias 21 a 25 de abril, passou para 15,08% entre 26 a 30 de abril e agora, entre 1 a 6 de maio, já é de 18,86%. Lembrando que hoje 60% dos casos suspeitos para coronavírus é testado pela saúde local.

“Diante do que a gente está coletando está dando mais alto do que no começo. Isso significa que a doença está circulando no município e de uma forma mais intensa”, justifica Andréia Negri.

Sobre a mortalidade em Rio Preto, a faixa etária de 80 anos ou mais é a que lidera as estatísticas com 22,30 pessoas para cada 100 mil pessoas deste grupo. Seguido por aqueles entre 70 a 79 anos com 16,94 e entre 60 a 69 anos com 3,32.

São 384 notificações para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo que 54 permanecem internados (37 em enfermarias e 17 em UTI).

Dados preocupantes

Presente na apresentação dos números nesta quinta-feira, o médico virologista da Famerp e membro do Comitê Gestor de Enfrentamento ao Coronavírus, Maurício Nogueiro, afirmou que o crescimento dos casos positivos é preocupante.

Ele explicou como foi implantado o sistema de testagem de pacientes desde o início da pandemia em Rio Preto. Inicialmente os testes serviram para identificar o momento que o vírus chegou a cidade. Depois quando começou a circular localmente para que a saúde local pudesse isolar estas pessoas para diminuir a transmissão, fazendo com que o sistema público de saúde ganhasse tempo para se preparar.

“Depois começamos também testar os casos graves e principalmente profissionais de saúde para identificar e isolar. Há algumas semanas iniciamos o Projeto Sentinela. Testou-se muito em Rio Preto, 2 mil pessoas. A região inteira estamos chegando a quase 3 mil pessoas testadas. É um número similar aos países chamados modelos, como Coréia e Alemanha. A Coréia são 11 mil pessoas por dia, em Rio Preto 150 pessoas por dia. Quase a mesma proporção”, afirmou Mauricio Nogueira.

Segundo o médico virologista, Rio Preto chega a um momento chamado de “fase epidêmica” muito forte, mas segundo ele o sistema de saúde está preparado.

O teste relevante é o PCR que detecta a presença do vírus. Está disponível nas unidades básicas de saúde. É feito quando tem sintomas e é avaliado pelos médicos. Mais de 60% de quem tem esses sintomas está sendo testado”, diz.

Para o médico, os números de agora retratam o cenário de 10 a 15 dias atrás. Mauricio Nogueira lembrou da importância do isolamento dos idosos.

“Os idosos são uma população extremamente vulnerável ao coronavírus. Insisto, os números mostram um aumento importante da circulação deste vírus. Idoso por favor permaneça em casa”.
Atualização dos dados coronavírus 07/05

Veja Também